25/11/2012

Altuzarra e Gordon Espinet da MAC respondem...

Inédito! Painel de discussão na FAAP: Altuzarra + Gordon Espinet da MAC respondem...

Quem poderia supor que aquele "menino" franzino era ninguém menos do que Joseph Altuzarra, proprietário e fashion designer, da marca que leva seu nome. Altuzarra é uma das mais promissoras marcas no cenário da moda nova iorquina. Joseph é, sem dúvida, um dos  jovens mais talentosos da nova safra de designers americanos e, pois, sim era ele em pessoa, no alto da sua simplicidade, falando sobre os desafios da profissão  e da sua badalada marca no mundo fashion. E para apimentar a discussão, o showman, supersimpático, Gordon Espinet, vice-presidente de treinamento de artistas e desenvolvimento de maquiagens artísticas da MAC, respondendo as mais variadas questões.
Show time

Como funciona uma parceria num desfile de moda, como o profissional cria o make para o desfile?
Gordon:  A marca conta uma história, fala sobre quem é a mulher daquela coleção e o profissional do make cria esse personagem, ou complementa através da maquiagem. Há muita liberdade para criar. 
Altuzarra: Roupa e make se complementam. O look completo é a combinação dos dois.

Existe uma beleza para a passarela e outra para o editorial de moda na revista?
Gordon: Hoje, não. Hoje, há beleza e ponto, que deve ser pensada e criada para todos os veículos. As pessoas querem ficar bonitas com a maquiagem, se sentirem bonitas.

Quais são as grandes tendências da maquiagem hoje?
Gordon: O uso da tecnologia para criar a pele perfeita, é o objetivo. O eyeliner está na moda e suas diferentes possibilidades  de ser usado para fazer o traço. Um único elemento da maquiagem que serve para embelezar e chamar atenção ao mesmo tempo, ação effortless. Por exemplo, o batom Ruby Woo, da MAC, (imagem acima) é o número 1 das vendas nos EUA, mostra esse fenômeno atual, da falta de tempo e da beleza instantânea.

Qual seu conselho para melhorar sempre?
Gordon:  Be on all the time! (estar sempre ligado)

Já que você é um jovem estilista, qual estilista você admira?
Altuzarra: Tom Ford

O que é preciso para entrar nesse mundo competitivo que é a moda?
Altuzarra: Estudar é importante, claro, mas o estudo universitário voltado unicamente para a moda, nem tanto. O que é preciso é ter obstinação, vontade de aprender e trabalhar.

Quem é a mulher Altuzarra?
Altuzarra: Meu grande desafio é deixar sexy mulheres de 50 e 60 anos _ tendência atual na nossa era ageless_ Meu modelo de beleza hoje é Carine Roitfeld, o que seria impensável há alguns anos atrás. Quando o quesito juventude era um dos itens indiscutíveis de beleza.

Foto desfile Altuzarra - Madame Figaro FR


21/11/2012

Mixed para C&A


Extra!Extra! Luxo na C&A

A marca paulista de luxo, Mixed chega nas lojas  C&A amanhã, dia 22 de novembro, e traz ao todo 69 peças, incluindo acessórios e roupas. É o luxo acessível que promete arrasar!

19/11/2012

Marcas para quem vai viajar: Madewell

Madewell
Moderna, urbana, jovem, Madewell é a marca americana que concorre com a Gap no item: básicos que todo mundo precisa. Vários modelos de jeans, inclusive o denim boyshirt  aí de cima, fazem sempre sucesso. Além disso, suéteres da vez, vestidos fofinhos, a estampa no último e preços super acessíveis fazem parte do cartão de visita da marca, que parece recém lançada, mas já existe desde 1937. Pasmem!

A marca, adorada pelas americanas, sempre faz parte das páginas da In Style USA. Recentemente, fez parceria com a marca de sapatos francesa Les Prairies de Paris e apresenta dois modelos de oxford lindos.  Confira http://www.madewell.com/madewell_category/SHOESANDBOOTS.jsp?navLoc=top_nav
Madewell tem lojas espalhadas pelo país inteiro. EUA claro!
Aqui vai um endereço:
New York, NY
Soho
486 Broadway

15/11/2012

Fernanda Yamamoto, A Força vem da Natureza

Fernanda Yamamoto, nossa fashion designer,  em entrevista exclusiva para Kial Box
Vestida em tons terrosos, aliás, como ela adora, com aquele jeito calmo e agradável bem no estilo nipônico, chega a talentosa, jovem estilista paulistana, Fernanda Yamamoto na sua loja na Vila madalena, bairro boêmio de São Paulo, para entrevista com o Kial Box. Em um terraço zen, à céu aberto, nos fundos da loja tivemos uma ótima conversa, onde ela revelou o porquê do seu reconhecimento no cenário fashion nacional. Fernanda já participou de cinco edições do SPFW e tem loja própria em São Paulo.

KB: Conta um pouco da sua trajetória, Fernanda
FY:  Comecei estudando administração de empresas e logo fui trabalhar em uma fábrica de roupas de produção industrial. Nesse momento, comecei a me interessar por moda e design. Cheguei a fazer um curso de moda, à noite, na FAAP e depois fui estudar em Nova Iorque, na Parsons. Quando voltei, em 2006, fui trabalhar com Jum Nakao. Comecei minha própria marca aos poucos com um ateliê na Bela Vista até chegar aos desfiles no SPFW e na minha loja.

KB: Até aqui você está contente com o resultado?
FY: Sim, estou contente, o ponto onde cheguei foi o resultado natural de muito esforço, porque não há só glamour nesse mundo, como muitos pensam, na verdade, tudo é reflexo de muito, muito trabalho que eu faço com paixão. Sou apaixonada  pela moda e pelo design.

KB: Quem é a mulher que veste Fernanda Yamamoto?
FY: Ela é uma mulher com muita personalidade que não segue tendências, nem de cores, nem de formas. Tem uma sensualidade diferenciada, não precisa exibir minis, nem decotes o tempo todo para conquistar. Ela é uma mulher real que se assume e tem entre 30 e 50 e poucos anos.

KB: Suas roupas são muito ricas de japonismos, como você vê isso?
FY: Acho que vem da minha cultura, minha forma de ver o mundo e o corpo. Tudo isso vem naturalmente através do meu trabalho de dobraduras e etc. Gosto de construir a roupa no manequim, onde posso ter uma visão tridimensional do corpo. Além disso, meus avôs são japoneses...

KB: Conta um pouco também sobre a proposta da sua loja?
FY: A loja recebe marcas convidadas. O projeto se chama "FY convida". Na loja, além da minhas coleções as clientes podem encontrar peças de estilistas convidados, inclusive no segmento de acessórios.

KB: O que acha do novo formato das nossas semanas de moda?
FY: Penso que vai funcionar bem já na próxima edição. A roupa desfilada hoje chega na arara em fevereiro, março, como antes, porém  todo o processo da cadeia fashion passou a ter mais tempo para ser realizado.

KB: Qual foi sua fonte de  inspiração  para o inverno 2013?
FY: A inspiração iniciou pelos tecidos, pelas estampas digitais...
Os destaques são a estampa de madeira e a de papel amassado, o listrado desconstruído.
O uso do feltro é bem interessante, assim como, a resina para dar acabamento plastificado em algumas peças.

KB: Quais são as peças chaves da coleção? E as cores?
FY: São as pantalonas que vêm em três modelos diferentes e todas com forma bem ampla e muito movimento. As cores predominantes são o azul turquesa e o verdes misturados ao cobre e ao  crú.

KB: E seus projetos para 2013?
FY: Continuar a parceria com a Triumph assinando a linha de lingerie Ivete Sangalo, que é voltada para o modernismo e o design das peças. A última coleção já chegou às lojas em outubro e a próxima está sendo elaborada.

KB: Qual lugar você gostaria de conhecer?
FY: Berlim, porque sou ligada em design e, ao que parece, eles valorizam muito este aspecto. Parece ser uma supercidade.


12/11/2012

SPFW Inverno 2013 continuação

SPFW Continuação
Marcas Jovens

A Colcci aposta no militar como tendência forte da temporada inverno 2013. Na passarela coturnos e os brocados fizeram contraponto com minissaias drapeadas. Detalhes nos ombros, muito verde exército  e decote zero deram os tons da guerra, porém sem perder a ternura e a feminilidade. A bermuda da foto chique e confortável , ao mesmo tempo, promete ser hit.

Maria Garcia, a marca jovem da Clô Orozco, que nunca perde o foco da mulher lindinha e fina. aquela cara de menina bem educada que estudou nos melhores colégios sempre está presente na passarela da marca. Porém, vamos jogar limpo, quem não quer parecer assim, ao mesmo de vez em quando, hein? Alfaiataria, mix de tecidos, conjuntinhos muito bem construídos e harmonizados  são  o par perfeito para inúmeras situações. Para arrematar, o chapéu de abas com babados é uma graça.

Colcci e Maria Garcia (esq. p/ dir.)

Créditos Fernanda Calfat e Thiago Dahás na mesma ordem

09/11/2012

SPFW Beleza - Inverno 2013


Kial Box escolheu a beleza de Samuel Cirnansck, assinada por Celso kamura, como a referência no quesito nesse SPFW- inverno 2013. Forte e ousada ao memos tempo, o conjunto da beleza pode parecer um pouco teatral, mas boas idéias podem ser aproveitadas, veja aqui:

O Egito foi a inspiração da beleza de Cirnansck, representada por olhos em formato de triângulo colorido feitos com sombra colorida da Make up forever. A pele é bem feita e o arremate fica por conta do rímel nos cílios (não pode ser pouco, tem que ser muito).

O Iluminador,  nas têmporas, é o What`s up, da Benefit. A boca foi o ponto alto feita com purpurina dourada e grafite. Por baixo do grafite foi passado o batom da MAC - Frost Icon

O penteado complementa e dá um ar de gladiadora moderna ao look. Consiste em um longo rabo de cavalo, preso junto a um aplique e enrolado até a nuca.

E não podemos esquecer dele, o esmalte. As cores usadas foram o ouro e hipnose, da Colorama.

Agora é sua vez de tentar e arrasar!

08/11/2012

Resumo SPFW 1


SPFW - Inverno 2013

As semanas de moda no Brasil (SPFW e Fashion Rio) mudaram. O calendário mudou e a duração também. Foram antecipadas e cortadas. Mas menor , às vezes é melhor. E as mudanças já não eram sem tempo, agora, finalmente, acompanhando o calendário internacional,  as semanas vem na sequência, são enxutas, sem muita perda de tempo para os profissionais, e com mais qualidade. Ao menos é o que se espera da turma fashion.

Vamos a moda...

Muito preto e branco na passarela, a dobradinha chegou até aqui pelas mãos de marcas como Fause Haten, Uma, Alexandre Herchcovitch e outras.

Fause causou impacto com seu bustiê à la Madona, no inesquecível I m a virgin. E com suas fendas generosas, frus-frus, saias rodadíssimas e curtas, vestiu a mulher de ousadia para encarar à noite de gala.

Uma, e seu streetwear, dessa vez desfilou referências dos anos 90, com sapatos brancos, tecidos brilhantes e macação soltinho. Na coleção para o inverno 2013, couro não faltou e nem cintura alta. Apostou no marrom- ferrugem para fazer o contraponto com o P&B.

Alexandre Herchcovitch transformou a silhueta feminina com o mix de bustiê, tendência atual, com uma modelagem de saia superampla, muitas vezes levando grandes babados. Investiu nas listras como estampa. Privilegiou a alfaiataria.

Imagens:
Da esquerda para direita Fause Haten e Uma. Abaixo Alexandre Herchcovitch
crédito Fernanda Calfat


No próximo resumo, as marcas juvenis Colcci e Maria Garcia

05/11/2012

Short, meu bem

No verão 2013, tire o short do armário e não tire do corpo. Ele promete animar o look e ser a peça básica do guarda-roupa. Mas preto não vale! Tem que ser ousado e ter cores cítricas e estampas de paisagens coloridas ou engraçadas como este da Forum de limão verde, que remete ao boom de caipirinhas típicas do nosso verãozão. 

Tecido plastificado com cara de molhado ou esponjado  é a novidade. E ainda, os metalizados, não sairam de moda, vão continuando a circular por aí, então se o modelo tiver brilho melhor! Quanto a forma, soltinho ou estruturado, qualquer um dos extremos estão valendo.

Já que é assim, é melhor começar já, all single ladies, pernas em dia, ok