19/04/2012

Mãe e filha vestem a mesma camisa

Mãe e filha caminham juntas e se vestem juntas...
Mãe e filha, relação-tema  que está sempre  presente, até e cada vez mais, na moda também!

Quando começou, não sabemos exatamente, mas de uns tempos para cá. Virou febre e ganha, cada vez mais, maiores proporções: a tendência de mãe e filha se vestirem iguais, ou pelo menos com a mesma marca ao mesmo tempo. O número de nomes da moda que passaram a vestir as duas só faz crescer. É verdade que é um mimo ver as duas iguais. Quem é mãe sabe muito bem que é o primeiro modelo de mulher para sua filha, assim, investe, ao máximo, nesse conceito. Parece com uma externalização, uma projeção do amor e da cumplicidade que existe na relação de ambas.  E começa desde o princípio.

Por sua vez, as marcas de moda, conhecedoras de marketing, entenderam rápido que é bem mais fácil fidelizar o cliente no ínicio, do que tentar conquistá-lo depois. Com tanta concorrência e crises por aí...

Mas, o que importa é que nessa empreitada todo mundo sai ganhando e feliz da vida. Mãe, filhas e a moda agradecem.

Abaixo, alguns exemplos do boom fashion:






Jessica Alba e a filha Honor chegam no aeroporto de Narita, em Tóquio, com Tommy.

A mamãe famosa vestia casaco verde e rosa xadrez, da coleção Tommy Hilfiger Outono/Inverno 2012 - Runway collection e Honor carregava um a bolsa,  também Tommy,  verde e rosa seguindo os passos da mamãe famosa.

Tommy Hilfiger é uma marca americana de roupas mista, com estilo aristocrático-despojado, ideal para passar o fim de semana na praia. Não em qualquer praia, mas  nos Hamptons, de preferência. Chique, não.

Para quem não sabe a marca Tommy Hilfiger tem uma loja em São Paulo, na rua Oscar Feire.


A Comptoir des Cotonniers é uma marca francesa, que procura em suas peças reunir o refinamento ao chique atemporal que se vê pelas ruas de Paris. Veste as mulheres, da cabeça aos pés, com modernidade, conforto e elegância desde 1995.

Acabou ficando famosa por escolher modelos desconhecidas: mães e filhas na vida real, que acreditam nos valores da marca: proximidade e autenticidade. Assim, aceitam posar juntas com looks que combinam com seu jeito de ser. A idade delas não importa, não é critério para  a escolha da dupla. O que vale mesmo é a verdadeira relação de amor que existe entre ambas, que transparece através do carinho retratado nas fotos.

A campanha acima foi feita no deserto e se chama " Destino L.A.". As fotos vêem sempre legendadas com o gosto das "tops". Nessa diz assim: "a filha Julia Gay ADORA a vida boêmia e DETESTA  ficar longe da sua tribo. A mãe Camille Gay ADORA fazer viagens para lugares distantes e DETESTA olhar para o passado."

Não tem quem não se identifique. A marca acertou em cheio. Se for a Paris, tem uma loja Comptoir des Cotonniers na 12, Place de St. Sulpice, 75006.

A marca francesa Antik Batik é uma das que estão investindo no filão mãe-filha, e não se arrependeram da decisão. Além de terem todo um look book infantil, a marca oferece a mãe a possibilidade de se vestir exatamente igual a filha, com um vestido gêmeo em tamanho mirim. Uma graça. O modelo da foto é o Carnea dress aqua.

Antik Batik fica em Paris, 26, rue Saint-Sulpice, 75006

Não são só as marcas internacionais que estão na brincadeira, várias nacionais também iniciaram o jogo, como: Farm e Fábula, Ronaldo Fraga, Fit e outras. É só procurar um pouco.

Agora as mães de de meninos continuam na mão. Aqui fica um apelo às marcas de moda mistas: vamos aproveitar a onda boyish e lançar roupas e roupinhas para as mamães e seus filhinhos também. Afinal, o amor e o modelo materno são os mesmos. É certo que "eles-zinho" vão ficar muito charmosos e orgulhosos de ter um quê da mamãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário